Canon AE-1: Uma Campeã de Peso!

1

A Canon AE-1 certamente não é pesada aos olhos, mas talvez um pouco pesada aos ombros. Mas vale muito a pena. Deixe-me dizer o por que a seguir!

Existem diversas razões que fazem fotografar com esse clássico Canon valer a pena. O viewfinder é maravilhoso—grande, extenso, informativo. Focando com sua lente, é super fácil de ver quando você conseguiu o foco exato. Quando você segura o botão de disparo, ela te dirá se sua foto sairá sub-superexposta ou não, dependendo da abertura que tiver escolhido. Ela continuará te dizendo se está sub/superexposta até você mudar a velocidade do obturador para a adequada. Um outro botão te dirá o quanto de bateria ainda resta (ou melhor, quando deverá trocá-la).

O botão de disparo é super gostoso e fácil de apertar, com reação quase instantânea. Para esse propósito existe uma ótima trava nele — sem fotos indesejadas! Sem dizer que o som que o disparador faz é definitivamente agradável aos ouvidos. O mesmo serve para a manivela de avanço do filme. Pura alegria.

Múltiplas exposições no mesmo fotograma são super simples. Tire sua foto normalmente, mas não avance o filme. Ao invés disso, aperte o botãozinho na parte de baixo da câmera (aquele que você aperta quando o rolo acabou, para rebobinar). Aperte-o e ENTÃO empurre a manivela adiante como se você fosse avançar para a próxima pose. Isso engana a câmera, fazendo-a pensar que você não está no mesmo fotograma, sendo possível fotografar novamente!

O corpo é bastante LARGO. Pelo menos uns 3cm mais largo que a da LC-A+, e, por alguma razão, a rodinha de avanço vai para trás ou no sentido horário. Quando você carrega filme na LC-A+, a rodinha de avanço gira anti-horário. Isso quer dizer que você perderá uma ou duas poses quando carregar o filme, mas irei te mostrar em alguns segundos que ela realmente vale a pena.

Possui sapata para flash, velocidade de obturador de 2 segundos até 1000/1 segundo. Também possui um modo Bulbo que eu não entendi muito bem ainda. Tem o mesmo buraquinho no botão de disparo que a LC-A+ para o cabo disparador. Aceita diversas lentes (e o mercado de usadas é grande), então escolha uma e divirta-se. Você não irá se arrepender, especialmente se gostar de fotos bem definidas.

Honestamente, existe apenas um ‘porém’ nessa câmera (além do peso, que é bem diferente da sua LC-A+, por exemplo) — e esse é a falta do buraquinho na parte de trás da câmera que te informa se ela está carregada ou não com filme. Possui, porém, uma fendinha na parte traseira para você inserior um pedaço da caixinha de papelão de filme, para você saber com que filme está fotografando. Mas honestamente, quem guarda essas caixinhas? Não eu, de qualquer forma.

Aqui estão algumas fotos para te mostrar o por que vale a pena fotografar com a Canon AE-1:

Créditos: lighttomysoul

Eu tenho uma lente 35-70mm na minha e funciona perfeitamente. Não dou tanto amor a Canon quanto ela merece porque é bem maior e mais pesada para levar por aí, mas ela nunca me desaponta quando a levo comigo.

written by lighttomysoul on 2012-03-29 #gear #review #slr #canon #canon-ae-1 #lomography #ae-1 #ae1 #review-de-usuario #review-de-camera #slr-de-filme
translated by giuli

Kickstarter

Bringing an iconic aesthetic to square format instant photography, the Diana Instant Square fills frames with strong, saturated colors and rich, moody vignetting. Built to let your inspiration run wild, our latest innovation features a Multiple Exposure Mode, a Bulb Mode for long exposures, a hot shoe adapter and so much more! It’s even compatible with all of the lenses created for the Diana F+ so that you can shake up your perspective anytime, anywhere. No two shots will ever be the same. Back us on Kickstarter now!

One Comment

  1. felipecarneiro
    felipecarneiro ·

    Olá, site da hora. Como vc fez pra upar essas fotos de câmera analógica? Como que faz pra guardar essa fotografias fora o meio de revelar.

More Interesting Articles