Entrevista com John Maloof: Descobridor da Coleção de Vivian Maier

A fotógrafa amadora de rua de Chicago e babá, Vivian Maier, foi descoberta em 2007 quando John Maloof, um historiador de 29 anos, se deparou com uma enorme quantidade de negativos seus em um leilão. John montou um blog para compartilhar com o mundo as incríveis fotografias que havia encontrado e a resposta foi inacreditável. Todo mundo – incluindo o NY Times – começou a contar histórias sobre as fotos. Conversamos com John Maloof, o descobridor e ganhador da obra de Vivian Maier.

John Maloof

Primeiramente, você poderia contar para nossos lomógrafos um pouco sobre como você se deparou com as fotografias?

Em 2007, como presidente de uma sociedade histórica local aqui em Chicago, eu era co-autor de um livro sobre o bairro de Portage Park. Eu precisava de fotos históricas para o livro, então visitei uma casa de leilões de revenda local, e encontrei negativos com imagens de Chicago em alguns fotogramas. Dei o lance e esperei pelo melhor. Ganhei o leilão, levei a caixa com os filmes e dei uma olhada nas imagens com o meu co-autor. Não encontramos nada que fosse servir para o nosso livro e, com isso, tranquei os negativos no armário. Não olhei mais os filmes desde que terminei o livro e demorei seis meses ou mais para perceber que aquelas fotos eram realmente ótimas e que não eram somente um achado de imagens antigas.

Fotografias de Vivian Maier

Que impacto as fotografias tiveram em você?

Como eu não era um fotógrafo quando descobri os negativos, as imagens somente eram interessantes para mim pelo contexto e significado históricos, pela arquitetura e suas construções e por mostrar como a cidade era em uma determinada época. Isso tudo me inspirou, comecei a tirar fotografias e, desde então, me tornei um fotógrafo, aprendi mais sobre o trabalho de Vivian e sobre fotografia em geral. Eu posso dizer que as fotografias me impactaram de tal forma que minha vida tomou uma outra direção..

O que você sabe sobre Vivian Maier e o como fez para descobrir o que ela era como pessoa?

Eu não sabia nada sobre a Vivian. De fato, não havia absolutamente nada de concreto sobre ela disponível na internet, até o registro de seu falecimento em 2009. Fiquei cada vez mais fascinado e mergulhei de cabeça em um trabalho investigativo sobre quem ela foi. Desde que comecei a co-produzir um filme-documentário sobre a história de Vivian Maier (em pré-produção agora), a pesquisa foi se tornando cada vez melhor. Nós estamos encontrando várias pessoas que conheceram a Vivian e obtivemos muitas histórias para compartilhar neste filme.

Fotografias de Vivian Maier

Qual foi a resposta ao seu blog e às fotos de Vivian?

Eu fiquei surpreso em como a história se tornou viral quase que imediatamente. Tem sido uma bola de neve desde que o blog foi notado na internet e é extraordinário ter a capacidade de conquistar um grande público tão facilmente nos dias de hoje.

Infelizmente, ela faleceu logo depois que você descobriu a obra dela. O que você gostaria de dizer ou perguntar se ela estivesse viva hoje?

Eu teria muitas questões, mas, com certeza, duas perguntas eu faria: “Por que você não mostrou a ninguém o seu trabalho?” e “Você aprova o que eu estou fazendo?”.

Fotografias de Vivian Maier

Você acha que existem mais fotógrafos como a Vivian, cujo trabalho está ainda para ser descoberto?

Absolutamente. Os negativos de Vivian foram comprados por várias pessoas na mesma casa de leilão antes de eu ter feito esforços para reconstruir o arquivo de sua obra. Eu não consigo imaginar quantas pessoas já compraram negativos em leilões ou lugares parecidos e simplesmente se desfizeram deles julgando serem apenas fotos antigas de família.

O que você tem planejado para o futuro?

Atualmente, existe um livro em produção pela PowerHouse (para ser lançado no outono deste ano, 2011). Um filme-documentário está também em produção (para ser lançado em 2012). Eu planejo continuar promovendo a obra de Vivian para o futuro. É ainda muito cedo para fazer suposições sobre um futuro distante, mas eu acho que ela vai resistir ao tempo.

Se você estiver na área de Chicago, não esqueça de visitar a Exposição Vivian Maier
Descobrindo Vivian Maier: A Fotógrafa de Rua de Chicago
Datas: 8 de janeiro a 3 de abril de 2011
Local: Chicago Cultural Center
78 E. Washington St, Michigan Avenue Galleries
Chicago, IL 60602

Conheça mais da obra de Vivian Maier no blog do John. Você pode colaborar com o próximo documentário longa-metragem de Vivian Maier lendo mais aqui e fazendo uma doação para o projeto.

Quer saber mais sobre o futuro analógico? Veja o microsite, participe da nossa competição Fotografe a sua Profecia e faça download dos posters ( ou peça na Loja Online ou na Loja Física) O Futuro é Analógico.

written by devoncaulfield on 2011-03-25 #lifestyle
translated by liviacteixeira

More Interesting Articles