The Hell With Perfection — Freedom for Photography!

Experiências de Pensamento Fotográfico

Cientistas e filósofos amam propor histórias chamadas experiências de pensamento. Isso é uma ótima forma de revelar problemas e de incentivar as pessoas a encontrar soluções criativas para solucionar suas questões. E nós, lomógrafos, adoramos experimentar novas ideias também e achamos que seria divertido colocar um toque de fotografia em duas das mais famosas experiiências de pensamento da história. Leia mais abaixo

Créditos: trampoline

Foto do Schrödinger

Imagine que um gato chamado Schrödinger está preso em um contêiner de aço. Imagine também que dentro do contêiner tem uma câmera instantânea presa a um contador Geiger – dentro do contador Geiger tem uma pequena quantidade de substância radioativa, tão pequena que existe a chance dessa substância desaparecer durante o processo de uma hora, mas, existe a mesma chance disso não acontecer. Além disso, imagine que se a substância desaparecer, o obturador da câmera vai ser liberado e uma foto instântanea do Schrödinger vai ser tirada. Se a substância não desaparecer, a câmera permanecerá sem uso.

O problema com a história é que o mecanismo Quantum provou que as partículas podem ter dois diferentes “estados” no mesmo momento. E, por causa disso, existe uma chance de 50/50 da substância atômica desaparecer ou não, portanto, é possível dizer que a substância está nos dois estados ao mesmo tempo. Nesse caso, pode-se dizer então que existe uma foto instântanea do Schrödinger e que não existe uma foto, ao mesmo tempo!

Leia o texto Original de Experiência de Pensamento (O gato de Schrödinger) aqui.

Lembre-se, isso é uma Experiência de Pensamento!!! Não tente isso em casa!!!

A câmera de Teseu

Imagine que um fotógrafo chamado Teseu compra uma câmera LC-A. Teseu ama fazer pequenas mudanças e modificações em sua câmera. Para começar, ele apenas substitui um simples parafuso. Mas, conforme o tempo passa, Teseu continua a fazer mais acréscimos e maiores alterações na câmera – ele adiciona uma nova tampa, muda o mecanismo todo e substitui todos os parafusos. Depois de alguns anos de mudanças, a câmera está completamente irreconhecível.

Créditos: stucampbell

Essa experiência de pensamento questiona a natureza da identidade. Depois que Teseu fez todas as mudanças, a câmera continua sendo a sua LC-A ou esta se tornou completamente nova e diferente? E se a câmera se tornou algo diferente, em qual ponto exato a “LC-A do Teseu” passou a ser “A nova câmera do Teseu”? Foi depois que ele substituiu o quinto parafuso? Ou depois que ele mudou a tampa da câmera? Ou depois que ele substituiu o mecanismo? É mesmo possível dizer qual é o ponto exato em que a câmera mudou de uma coisa para outra?

Leia a Experência de Pensamento original (The Ship of Theseus) aqui.

Quer saber mais sobre o futuro analógico? Veja o microsite, participe da nossa competição Fotografe a sua Profecia e faça download dos posters ( ou peça na Loja Online ou na Loja Física) O Futuro é Analógico.

written by tomas_bates on 2011-03-11 #lifestyle #analogico #experiencia #futuro #profecias #pensamento
translated by liviacteixeira

More Interesting Articles