Múltipla Exposição: Segredos revelados!

8

A múltipla exposição (MX) é um dos principais destaques da lomografia. É divertido, criativo e muitas vezes gera resultados fantásticos. Mas não se trata somente de tirar mais de uma foto no mesmo quadro. Você também precisa ter em mente algumas dicas técnicas.
Se você é novato ou semi-novato, este guia vai ajudá-lo a obter uma múltipla exposição perfeita.

A múltipla exposição (MX) é um dos principais destaques da lomografia. É divertido, criativo e muitas vezes gera resultados fantásticos. Mas não se trata somente de tirar mais de uma foto no mesmo quadro. Você também precisa ter em mente algumas dicas técnicas.
Se você é novato ou semi-novato, este guia vai ajudá-lo a obter uma múltipla exposição perfeita.

Entrei para a lomografia com uma Holga TIM (half-frame, com duas lentes). Estava animado pra começar a fazer múltiplas exposições mas, para o meu desânimo, minhas fotos nunca saíam do jeito que eu queria. Na maioria das vezes, elas ficavam tão claras que mal dava pra entender o que estava na foto, ou simplesmente acabavam em uma confusão de duas fotografias.
Aqui está um exemplo de uma dupla exposição muito exposta. Isto acontece quando você expõe o seu filme a muita luz. Note que a imagem está desbotada e praticamente não há contraste entre as duas imagens.

Exponha seu filme corretamente

“Dupla Exposição” significa exatamente isto: expor o filme duas vezes à luz. No entanto, se você não fizer alguns ajustes na sua câmera, você vai acabar como o exemplo acima!
Sua câmera tem as configurações de abertura “sunny” (ensolarado), “cloudy” (nublado) e “very cloudy” (muito nublado). A abertura é o buraco que permite que a luz entre na câmera para gravar a imagem no filme. “Ensolarado” é a menor abertura possível, enquanto “nublado” é a maior abertura e, portanto, deixa mais luz entrar. Para evitar a superexposição do filme, mude para a próxima menor abertura antes de tirar as fotos.

Em dias nublados, configura a câmera para “ensolarado”, se você deseja fotografar múltiplas exposições.Em dias muito nublados, escolha a opção “nublado”.

Você deve estar se perguntando como fazer isso quando você quiser fotografar num dia muito ensolarado. A maioria das câmeras de lomografia só tem três opções de abertura e apenas uma velocidade de obturador (tempo que o obturador permanece aberto para deixar a luz entrar). O que fazer, então, já que não seria possível mudar para uma abertura menor? Não se apavore. Os filmes podem tolerar certo grau de superexposição, o que significa que a sua foto não ficaria desbotada e ainda manteria um certo grau de detalhes.
É importante saber que filmes preto e branco são os mais capazes de tolerar a superexposição. Logo depois vem os filmes de negativo colorido, e por último os slides de cor, os que menos toleram o excesso de exposição.

Observe a imagem acima. A foto foi tirada em um dia ensolarado, quando eu estava no porto de Misamis Oriental, Filipinas. Como a minha Holga não tem uma opção “very sunny” (muito ensolarado), eu não pude configurar a abertura para o próximo tamanho menor. Isto acabou fazendo meu filme ser superexposto à luz. O barco estava enferrujado, mas você mal pode ver a ferrugem. Além disso, a imagem parece um pouco clara demais. Mas, no geral, a fotografia ainda é boa, já que o meu filme foi capaz de tolerar uma certa quantidade de superexposição.

Uma foto mais dominante que outra

Agora que você sabe o princípio da boa exposição, você já pode sair por aí e brincar com as configurações de abertura. Ao fazer múltiplas exposições, se quiser que a primeira foto fique mais clara e consequentemente mais dominante que a segunda foto, você deverá definir dois tamanhos de abertura diferentes. Por exemplo, fotografe primeiro em “nublado”. Em seguida, defina “ensolarado” para a segunda foto. A imagem fotografada em “nublado” será mais dominante que a outra. A imagem em “ensolarado” terá aspecto de fantasma.

É aqui que você pode começar a ser muito criativo. A foto acima é de um Tuk-Tuk, um modo de transporte usado em Bangkok, Tailândia. É o jeito perfeito de se locomover pelas ruas movimentadas.

Aeroporto de Munique? Nã nã, nunca estive lá. Eu sequer tenho um visto. A foto foi tirada no aeroporto de Suvarnabhumi de Bangkok. Tirei a foto do aeroporto com a abertura da câmera ajustada para menor, e depois fotografei uma placa que diz “Munich Airport” (aeroporto de Munique).

Planeje sua foto

Como eu disse, duplas exposições não são feitas somente apertando o disparador mais de uma vez. Em certa medida, pouco (ou muito) planejamento é necessário. Por acaso você viu as fotos vencedoras da Multiple Exposure Rumble? Trata-se não apenas de dupla exposição aleatória. Aqui estão algumas coisas para manter em mente:

Imagine como a sua foto vai ficar. Pergunte a si mesmo: "Como posso combinar a Foto A com a Foto B para chegar à Foto C? Evite combinar duas fotos com muitos detalhes, senão você vai acabar com uma imagem poluída.

Que bagunça!
Se você quiser muito tirar duas fotos com muitos detalhes, então lembre-se da dica anterior, onde uma imagem é mais dominante que a(s) outra(s).

  1. Fique atento às áreas escuras da sua foto.
  2. Fique atento às áreas escuras da sua foto.

Você está atento às áreas escuras da sua foto? É preciso enfatizar isso porque esta é, provavelmente, a arma mais poderosa em seu arsenal de múltipla exposição.

Vamos começar com a foto do meu cachorro, Boris. Boris é um boston terrier, uma raça conhecida pelas suas manchas pretas, por parecer que está vestindo um smoking. Olhe atentamente a foto acima, e observe que as manchas pretas do Boris permitem que os detalhes da segunda foto apareçam. Ou seja, sombras e cores escuras como o preto tornam os detalhes da outra foto mais perceptíveis. Você pode ver claramente o piso de madeira e as patinhas do Boris através do seu pelo preto.

Como isso se aplica às suas fotografias? Com um pouco de planejamento, você pode acabar com dupla exposições realmente impressionantes.

A primeira foto é o retrato de um homem. Fiz isso numa sala escura, com uma luz vermelha sobre ele. Isto permitiu que a primeira foto tivesse muitas sombras. Tomando nota de onde as sombras estão na primeira foto, eu tirei a segunda foto e… voilà! Metade tigre, metade homem.

Partes mais claras de uma imagem se destacam

Aqui está uma foto de um homem preso dentro de uma folha. Mais uma vez, a foto do homem foi tirada em uma sala escura com um holofote vermelho, criando muitas sombras. A segunda foto é a da folha. Fiz a folha brilhar em cores com uma luz colocada atrás dela. Note que as veias das folha são claras. Isto permitiu que as veias brilhassem através da outra foto, mesmo onde não existem sombras (lá em cima à direita).

Estas são as dicas e truques que acumulei ao longo dos meus primeiros 4 meses de experiência com a lomografia. Estou compartilhando para que os lomógrafos novatos não percam tantos filmes quanto eu perdi. Mas, acima de tudo, para ajudá-los a serem mais criativos em suas fotografias. Lembre-se que a lomografia é uma forma artística e experimental da fotografia. Não fique limitado às dicas e truques que eu dei, mas desafie-se a descobrir mais truques com exposição múltipla!

Você já tentou combinar longas exposições, flash e fotografia macro, todos numa foto?

Tenho certeza de que você pode pensar em mais coisas para manter em mente para quando fizer dupla exposição. Por quê não compartilhá-las aqui?

written by paperplanepilot on 2011-03-15 #gear #tutorials #arte #mx #tipster #fantasma #sombras #exposicao #dicas #truques #multipla #iniciantes
translated by monamarques

8 Comments

  1. pricaires
    pricaires ·

    Esse artigo me ajudou... estava com muitas dúvidas sobre multíplas exposições, e muitas das minhas dúvidas foram sanadas aqui!! Valeu!!

  2. monamarques
    monamarques ·

    Ele me ajudou MUITO também!!! Por isso resolvi traduzir. ;)
    É muito bom.

  3. yuriandrade
    yuriandrade ·

    Gostei muito. Vou sair pra fotografar e ver se deu certo. Obrigado!

  4. gabrielvillas
    gabrielvillas ·

    Muito massa meu! Agora uma dúvida! Qual foto voce faz primeiro? a mais clara ou a mais escura? valeeu!

  5. hafaell
    hafaell ·

    Excelente!

  6. marise
    marise ·

    Até que enfim uma dica realmente boa!!!! Adorei!!!!

  7. lgferr
    lgferr ·

    Recentemente fiz um ensaio em exposição múltipla, gosto muito da técnica. Podem encontrá-lo aqui: www.facebook.com/lgferr/posts/387285254640560

  8. d4rk3d
    d4rk3d ·

    demais!!! valeu mesmo!! #partiu colocar em prática

More Interesting Articles