Buscando inspiração, parte 1: um marco histórico favorito

Às vezes você sente que você apenas tem que sair e queimar algumas filme para nada, mas a alegria de enquadrar uma imagem e clicar no botão do obturador? Eu sei que eu faço e, às vezes eu não tenho certeza do que quero disparar ou para onde eu quero ir, mas tenho encontrado ao longo do tempo que há algumas coisas que são simplesmente inspirador e sempre me alegremente clicando em distância. Um desses para mim é um velho carvalho sozinho, em um campo.

O seguinte é o primeiro de uma série de artigos que ilustram a forma como eu procurar e encontrar inspiração para a minha fotografia.

Tenho certeza que muitos de vocês conhece esta árvore. Tem sido o meu avatar de uma forma ou de outra quase tão longo como eu tenho sido um membro desta comunidade. A árvore vive cerca de 1 / 2 milhas ao longo de uma trilha perto da minha casa. É um dos meus lugares favoritos para andar meus dois cachorros e eu tenho sempre pelo menos um e, geralmente, várias câmeras comigo. Ao longo dos anos, tenho fotografado esta árvore centenas de vezes com dezenas de câmeras e filmes diferentes e em todas as estações. A árvore não deixa de inspirar-me e cada vez que eu voltar para casa com uma imagem única. Você pensaria que, após o tempo iria começar a procurar imagens similares e tornar-se repetitivo, mas que não foi o caso. Há sempre algo diferente, que traz um novo olhar sobre o assunto se é a hora do dia, as formações de nuvens, o ângulo do sol, o filme e equipamentos que usei, ou como eu processar o filme.

Eu acho que todos tem algo em particular que os inspira, que eles simplesmente não podem visitar, sem arrancando algumas exposições não importa quantas vezes já vi isso antes. Encontre seu e ir para uma visita – dizer Olá para mim. A luz vaza e expirou filme para todos vocês.

written by kdstevens on 2011-06-07 #lifestyle #minha-arvore-favorita
translated by maria1

More Interesting Articles