Mini Lomo Pinhole

A evolução de um chaveiro

A primeira coisa que eu fiz quando recebi o chaveiro da Lomo Fisheye foi, acidentalmente, quebrar a lente. Então, enquanto a colava percebi que o corpo do chaveiro estava vazio. Desde então, todas as vezes que eu usava minhas chaves eu costumava ver, olhar e, algumas vezes, até encarar a pequena Lomo, pensando no desperdício de espaço que era deixar o chaveiro vazio… O próximo passo foi deixar o objeto evoluir para uma câmera pinhole.

Tive que quebrar o chaveiro e dividi-lo em suas partes. Depois de extrair as lentes tive que fazer um pequeno furo (0.2mm) e vedar a câmera com um anel de cartolina preta para impedir a entrada da luz.

Trabalhando na câmara escura picotei pequenos pedaços de papel fotográfico, colei-os dentro de todo o corpo e fechei minha nova câmera pinhole. Depois disso, ainda isolado na câmera escura, disparei o flash no meu rosto enquanto apontava a câmera pra mim mesmo.

Quando percebi que o processo estava terminado, revelei a papel fotográfico até que as pequenas imagens aparecessem no negativo. Com o escanner aumentei e inverti para imagens positivas.

De agora em diante, posso dizer orgulhosamente que tenho a menor câmera lomo pinhole funcionante de todas.

O próximo passo é achar chaveiros da LC-A, Diana e Lubitel. Em breve!

written by francescco on 2011-01-15 #gear #tutorials #pinhole #b-w #mini #tipster #lomo #camera-modification #keyring #francesco-capponi #micro-homemade #modificacao-de-camera #chaveiro
translated by domemerson

More Interesting Articles