Capa de disco analógica

Se você tem seguido a cena musical indie pelo último ano, você provavelmente notou um tendência em fotografias old-school e lo-fi nas capas do discos. Isso é deveras interessante e nós gostaríamos de saber o que você pensa sobre!

Primeiro foi o segundo album da banda Vampire Weekend, mas depois veio também o LP das Dum Dum Girls. Esqueça que eles não são nada parecidos e nem sequer compartilham o mesmo gênero musical. As duas bandas, junto com outras bandas indie, tem se submetido ao mundo analógico, desde fotos ‘normais’ até fotos de infância.

Eric Harvey do site Pitchfork.com escreveu uma análise extensa sobre esta tendência e as inumeráveis razões por trás dela. O que você pensa sobre isso? Deixaremos, para que pense sobre o assunto, um trecho do texto do Eric Harvey:

Parece natural, nos dias de hoje, onde a tecnologia pôde ajudar o processo pessoal artístico e criativo e, ao mesmo tempo, nunca foi tão fácil fazer e lançar músicas. Por isso, os artistas passaram a procurar aquela nostalgia de fotos antigas. Está no DNA da música indie, na verdade: pegar fatos mundanos do cotidiano e transformá-los em evocativas memórias compartilhadas.

Leia o artigo This is Not a Photography on Pitchfork.com

written by cruzron on 2010-11-21 #lifestyle #indie #albums #musica #vampire-weekend #analogico #discos
translated by giuli

Thanks, Danke, Gracias

Thanks

We couldn’t have done it without you — thanks to the 2000+ Kickstarter backers who helped support this analogue dream machine the Diana Instant Square is now a reality. Watch out world, this Mighty Memory Maker is coming your way! Did you miss out on the Kickstarter Campaign? Fear not, pre-sale is now on and we have a Diana Instant Square waiting just for you! Pre-order now to pick up your own delightful Diana Instant Square and free Light Painter just in time to snap away those Christmas Carols.

More Interesting Articles