Como fazer uma foto panográfica

Desde quando eu vi pela primeira vez, eu também quis experimentar – as fotos panográficas. É como uma enorme imagem panorâmica enorme, mas formada de várias fotos menores sobrepostas. Também é muito util quando você só tem uma lente que não pode enquadrar ao mesmo tempo todo o objeto que você quer fotografar.

Desde quando eu vi pela primeira vez, eu também quis experimentar – as fotos panográficas. É como uma enorme imagem panorâmica enorme, mas formada de várias fotos menores sobrepostas. Também é muito util quando você só tem uma lente que não pode enquadrar ao mesmo tempo todo o objeto que você quer fotografar.

- Como tirar fotos -

Verifique se você tem um filme vazio, com fotos suficientes nele. Se você tiver que mudar o filme (o que não é recomendado), use o mesmo tipo de novo (mesmo ISO, mesma marca, etc.) Também verifique se as configurações da câmera são iguais para cada disparo.
Encontrar um lugar onde você tem uma bela vista sobre o objeto que você deseja registrar. Em seguida, comece a fazer as fotos – movimente-se o mínimo possível, apenas um pouquinho o ângulo da câmera, para registrar o objeto, foto a foto. Não se esqueça de nenhuma parte, para obter uma imagem completa no final!

- Digitalização -

Tome cuidado para que você use as mesmas configurações do scanner para todas as imagens, para não ter cores diferentes. Escolha uma boa configuração do seu scanner, deixe-a configurada e aplique-a em todas as fotos. Se você tiver furos (“sprockets”): é mais fácil não incluí-los na imagem.

1. Panográfica com Gimp (o modo digital)

Se você quiser fazer isso no modo digital, é necessário usar um programa gráfico como o Gimp. Também é possível com o Photoshop ou qualquer outro, mas como o Gimp é freeware e também muito poderoso, é minha primeira escolha.

Abra todas as fotos no Gimp. Nas configurações de visualização das imagens, você pode deixá-las pequenas o suficiente para ver todas na tela, mas isso não é necessário, apenas mais confortável. Abra um novo arquivo, grande o suficiente para conter a foto inteira quando você juntar as partes!
Na caixa de ferramentas você deve ver as diferentes camadas. No começo, claro, você tem apenas uma. Escolha a primeira imagem e copie-a nessa camada. Defina a transparência, dependendo de quantas fotos você tem e dependendo de como você gosta, por exemplo, 75%. Em seguida, insira uma nova camada. Escolha esta camada. Copie a imagem seguinte. Defina a transparência. Agora você pode mover as imagens, que estão sobrepostos. Não é necessário ser 100%, mas tente ser o mais preciso possível. Em seguida, insira a próxima camada. Defina a transparência … e assim por diante. Até que você tenha o quebra-cabeça montado!
Não se esqueça de salvar o arquivo maior, original, se você quiser mudar algumas transparências depois. Salve a imagem final como JPG (ele vai colocar todas as camadas juntas, achatando-as), e voilà – a sua panográfica está pronta!

2. Não gosta de editar suas fotos com uma ferramenta digital? Faça do jeito analógico!

Óbvio que em uma comunidade analógica como a Lomográfica há algumas pessoas que não são acostumadas com softwares gráficos. Mas na maioria dos casos, existe ainda um modo analógico de fazer;) pegue suas imagens e faça um quebra-cabeça em casa. Se você ainda quiser o efeito de transparência, imprima as fotos em acetato!

Aproveite!

written by shoujoai on 2010-10-28 #gear #tutorials #panorama #tutorial #tipster #rheinturm #diana #torre #dusseldorf #dica #quebra-cabeca #panografica #digitalizacao
translated by renatamotteran

More Interesting Articles