Seres imaginários traçados na sociedade

O Belga, Jérôme Meynen faz parte do coletivo ’Hell’O Monsters’. Seus desenhos, de tinta indiana, ou acrílico sobre papel, mostram personagens híbridos, incluindo vários de olhos monstros e animais mutantes. Apesar de aparentemente grotesco, eles brincam com nossos afetos, como se fossem lançados para dentro de nossos sonhos

Imagens via flickr

O blog Hello’O Monesters cita o Book of Imaginary Beings de Jorge Luis Borges como inspiração para o “universo de monstros que se formam e re-formam-se, de acordo com as aventuras com que se deparam.” De acordo com Hello’O Monesters “apesar de sua aparência colorida e feliz, são de fato comentários cáusticos sobre o mundo adulto, a natureza humana e a sociedade.”

Imagem via flickr

Basta verificar o mapa, acima, da parte movimentada da cidade monstro! A gama de aventuras de atos de equilíbrio para a pesca. Muitas dessas aventuras são deprimentes, como pode ser observado a partir das criaturas exaustas, apáticas, derramando vísceras, enrolados em posição fetal, algemados ao redor do pescoço, impulsionados por um empregador cruel compostos de um milhão de espectadores para uma vigilância mais-que-pesada. Meynen fez bem em justapor os amigáveis​​, rosa suave, azul bebê, e amarelo com a tinta preta.

Este artigo foi inspirado pelo post Booooooom.

written by soundfoodaround on 2012-03-09 #lifestyle #preto-e-branco #monsters #belgian #ink-drawings #imaginario #detailhe
translated by aninhasgoo

More Interesting Articles