Como é fácil arquivar negativos!

1

Se você é daqueles que os mantem cortados.
Com o meu scanner não posso digitalizar negativos sem cortes, para que depois de meter a tesoura neles, não custa nada manter-los ordenados usando os próprios envelopes do laboratório.

Meu primeiro passo para organizar os negativos é já no laboratório. Quando eu dou minhas bobinas sempre peço um envelope para cada tipo diferente de filme, geralmente tendem a ser dois ou três do tipo e deixo escrito na parte externa.
Todos os outros detalhes, como a data, as câmeras utilizadas e o evento ou local, eu escrevo quando estou escaneando. Algumas vezes quando não lembro de anotar o tipo de negativo o técnico do laboratório faz para mim.

Eu sei que muitos dirão que é um crime cortar os negativos, especialmente se você usa câmeras como a Sprocket Rocket e a Diana onde passamos o filme em livre-arbítrio. Mas eu sempre fui boa de tesoura… e o que está feito está feito.

Em seguida, basta furar o envelope e colocar no arquivo. Fácil, simples e amiga do meio ambiente porque eles usam o mesmo envelope. Para mim funciona, e fico feliz.

written by deprofundis on 2012-03-01 #gear #tutorials #tipster #pelicula #facil #laboratorio #negativos #sobre #artesanal #truques-rapidos #perfurador #arquivador
translated by aninhasgoo

Bringing an iconic aesthetic to square format instant photography, the Diana Instant Square fills frames with strong, saturated colors and rich, moody vignetting. Built to let your inspiration run wild, our latest innovation features a Multiple Exposure Mode, a Bulb Mode for long exposures, a hot shoe adapter and so much more! It’s even compatible with all of the lenses created for the Diana F+ so that you can shake up your perspective anytime, anywhere. No two shots will ever be the same. Back us on Kickstarter now!

One Comment

  1. deprofundis
    deprofundis ·

    Thanks a lot @aninhasgoo for translating the article, have a nice weekend!

More Interesting Articles