Amor à Primeira Lomo: Diana Mini

A Lomography mudou a minha vida e o jeito que vivo. Leia a história do meu Amor à Primeira Lomo sobre a Diana Mini a seguir!

Há não muito tempo atrás, eu comprei minha primeira câmera lomo depois de anos querendo uma. Comprei também um pacote de filmes e tirei fotos de tudo que vi pela frente (ok, não de tudo. Mas você entendeu o que eu quis dizer haha). Depois de uma semana ou mais, terminei 3 rolos de filme. Não me arrependo nem um pouco e ainda estou terminando meu quarto rolo, pensando nas últimas fotos. Mas sempre tentarei achar algo novo para experimentar.

Depois de ver as fotos que tirei usando meus primeiros 2 rolos, fiquei satisfeita e apaixonada. Me senti surpresa e feliz ao mesmo tempo. As fotos se revelaram inesperadamente. Pensei que teria mais fotos fora de foco, mas nada estava borrado e tudo ficou perfeito. Mesmo que algumas fotos tenham saído diferente do planejado, ainda as acho lindas.

Também brinquei com o modo half-frame (meio-quadro), tirando 2 fotos em 1 fotograma.

Eu experimentei com múltiplas exposições também e estou amando os resultados.

Algumas pessoas podem achar que a Lomography é uma perda de tempo, que comprar todos esse filmes é muito caro quando você simplesmente pode tirar uma foto com a sua câmera digital e editá-la. Mas é o resultado final que não tem preço, depois de todo esse trabalho gasto, o efeito é uma surpresa. E aquele sentimento de surpresa é algo que nada pode se comparar. Para mim, vale muito. ♥

Esse artigo também foi postado no meu blog!

Qual foi a primeira câmera Lomo que você teve e se apaixonou? Conte sua história e dê uma olhada nos artigos que estamos procurando para esse mês para ganhar mais Piggies! Enquanto isso, você pode checar outras histórias da seção Amor à Primeira Lomo dos membros de nossa comunidade.

written by peeciella on 2012-03-03 #lifestyle #lomography #diana-mini #amor #pedido #lifestyle-analogico #amor-a-primeira-lomo #primeiro-amor
translated by giuli

More Interesting Articles