Como Fotografar Fogos de Artifício

Fotografando fogos de artifício? Coisa mais fácil do mundo! Tudo o que você precisa é de um filme, uma câmera e alguns fogos de artifício. Leia mais para saber como fotografá-los com uma Holga e uma Spinner 360º!

Fogos de artifício são ótimos de fotografar. Eles são coloridos, ótimos sujeitos para praticar longas exposições e dão espaço para experimentos, especialmente para duplas exposições!

Eu tive algumas chances de fotografar fogos de artifício, o primeiro com a minha digital SLR. É claro que da primeira vez eu queria que tudo fosse perfeito: tripé, controle infravermelho, menor configuração de ISO possível para evitar qualquer granulação e o resultado foi muito bom: eu tive fotos claras das explosões, as cores foram fielmente retratadas, mas a Lomo não é feita disso, certo?

Então da segunda vez eu levei a minha Holga:

Créditos: xxxanderrr

Infelizmente, meu rolo de filme acabou depois dessas 4 fotos e quando eu terminei de trocar de filme, os fogos de artifício acabaram. Mas então como eu tirei essas fotos?

Bem simples, na verdade:

  • Holga CFN (com o flash desligado)
  • Filme de ISO 100 (eu ainda queria evitar a granulação)
  • Ajuste do Bulb

É isso. Sem precisar de tripés ou cabos de disparo. Tudo o que você precisa fazer é apontar a câmera para onde os fogos estão voando e apertar o botão de disparo antes das explosões. Já que você está usando a câmera no modo bulb, continue expondo os fogos de artifício até que eles acabem. Você então pode avançar o filme ou fazer duplas exposições usando a mesma técnica de apontar e expor.

Na terceira vez, eu usei a Lomography Spinner 360º. Dessa vez eu tive o filme inteiro para os fogos de artifício. Fotografar com a Spinner é um pouco mais difícil, já que você não tem exatamente um obturador. Porém, a técnica mencionada acima de apontar e expor continuamente funciona aqui também: Aponte a lente da Spinner 360º para onde os fogos estão indo, mantenha a parte da lente parada e apenas gire o cabo. Faça isso devagar e você terá imagens bem claras, faça isso rápido e você terá fotos mais escuras, mas quadros mais longos, obviamente.

Eu usei o filme Lomo 400 CN para isso. Isso dá espaço para experimentos: superexposto, subexposto, panorâmicas longas ou fotos curtas bruscas. A única coisa que você não tem com a Spinner 360º são as múltiplas exposições, só se você decidir usar o rolo do filme novamente.

Viu? É fácil! Mexer a câmera não é um problema, você não precisa de flash e você pode usar qualquer filme. Experimente!

A Spinner 360° vai além dos limites das câmeras panorâmicas padrão. Veja tudo a sua volta (literalmente!) e seja levado pelos resultados verdadeiramente espetaculares. Vá para a nossa Loja Online e compre a sua Spinner 360°!

written by xxxanderrr on 2012-01-22 #gear #tutorials #iso100 #tipster #holga #lomo-cn #facil #negativo-colorido #lomo400 #spinner #dicas-e-truques #camera #2012 #fogos-de-artificio #celebracoes
translated by tatirc

Bringing an iconic aesthetic to square format instant photography, the Diana Instant Square fills frames with strong, saturated colors and rich, moody vignetting. Built to let your inspiration run wild, our latest innovation features a Multiple Exposure Mode, a Bulb Mode for long exposures, a hot shoe adapter and so much more! It’s even compatible with all of the lenses created for the Diana F+ so that you can shake up your perspective anytime, anywhere. No two shots will ever be the same. Back us on Kickstarter now!

More Interesting Articles