The Hell With Perfection — Freedom for Photography!

LomoKino: Charmosa e Interessante!

Será a LomoKino o pedaço que estava faltando para libertar o Spielberg e o Cameron dentro de todos nós?

Eu na verdade não tenho uma LomoKino, mas meu amigo com quem divido o apartamento gentilmente me emprestou para a viagem que eu fiz sozinho para Veneza recentemente (na verdade ele comprou a nova Fisheye 2, então você já entendeu o que aconteceu). Minha primeira impressão foi, por mais que essa câmera não seja tão macia e bem construída como as outras câmeras Lomográficas, ela fica bem charmosa quando você entende o seu mecanismo. Para a viagem, eu usei 2 rolos de Kodak Ultramax 400; Eu imaginei que o tempo ia ficar bem escuro durante a viagem.

A câmera é bem portátil e não ocupa muito espaço. Quando eu fui filmar com ela, eu tentei fazer pelo menos de 6 a 8 quadros por cena. Meu amigo experimentou usar a LomoKino como uma câmera e fotografou um quadro por cena, mas pareceu mais um slideshow do que um filme.

A melhor parte dessa câmera é, com certeza, o processo: a cara das pessoas quando você está girando a alavanca é quase certeza de um sorriso garantido! O botão de foco é bem fácil de ser usado também. Porém, eu acho o visor pop-up bem adorável, mas eu não o usei nenhuma vez; só usei para testar antes de girar a alavanca.

Eu mantive a minha abertura entre 8 e 11; algumas cenas acabaram ficando muito escuras, então eu devia ter aberto até 5.6. De maneira geral, a cor é bem sem graça, mas ainda assim é visível. Não foi ruim para 3 dias de céu escuro. Mas como vocês podem ver na foto abaixo, quando o sol finalmente apareceu no dia em que eu estava partindo, a cor acabou ficando bem vibrante e nítida.

Sujeitos em espaços fechados com iluminação em destaque também são capturados de forma bem nítida com a LomoKino.

De maneira geral, como imagens individuais, nunca imaginei que a LomoKino produziria imagens tão nítidas. Sua proposta principal é capturar uma série de imagens para produzir vídeos em stop motion, então, se as imagens são bem capturadas numa sequência, ela fez seu trabalho. Quando você diminui a sua expectativa, sujeitos capturados nitidamente vão ser um acidente feliz.

O processo de produção, não vou dizer que é difícil, mas leva algum tempo. Meu laboratório escaneou as fotos em grupos de quatro como a SuperSampler e juntou no Photoshop as fotos individuais. Com 2 rolos de filme eu tive um total de 238 quadros. Eu usei o Windows Live Movie Maker: muito muito fácil de usar e eu me diverti colocando a música também. Veja abaixo o resultado!

Essa com certeza é uma das câmeras mais interessantes que eu já usei: ela muda a forma de você abordar seu sujeito porque, ao invés de fotos individuais, você vai tentar contar uma história sobre ele. Eu gostaria muito de ver essa câmera sendo usada em cursos de produção de vídeo!

Entre em uma nova dimensão analógica com a LomoKino. A câmera analógica Lomográfica de 35mm de fazer filme possibilita que você capture ação e imortalize sua história em forma de filme! Fotografe 144 quadros em qualquer filme 35mm e crie suas obras primas cinematográficas. Quer assistir ao seu filme da maneira old school? A gente também oferece a LomoKino e o pacote LomoKinoscope!

written by shuttersentinel17 on 2012-01-04 #videos #gear #review #400-iso #kodak #stop-motion #ultramax #lomografia #italia #pedido #critica #video #veneza #lomokino #critica-do-usuario
translated by tatirc

More Interesting Articles