LomoAmigos de Novembro: Equipe de Produção SWU Music Festival

Novembro foi o mês da música aqui no Brasil. Dezenas de festivais e shows de artistas internacionais rolaram pelo país. E a Lomography não podia ficar de fora dessa. Por isso convidamos a produção do festival SWU que rolou em Paulínia para fazer uma cobertura dos bastidores do evento. Confira agora um pouco do trampo que é organizar um dos maiores festivais do Brasil.

Com a palavra o Diretor de Produção do festival Marcelo Falcão.

Falcão, antes de começarmos a falar do festival conte um pouco da sua relação com a música e como você foi parar nessa área:

Comecei nesse business meio sem querer. Eu já trabalhava com musica desde 1999 só que era eletrônica. Organizava noites semanais em boates de São Paulo e também era dono de 2 Raves que me ensinaram muito nas questões de produção, pois levar uma tomada para o meio do mato nao é facil não….rsrsrs. No ano de 2004 comecei a trabalhar nas produções de shows.

Minha primeira turnê já foi com uma lenda da música, o George Benson que me fez gostar mais ainda da minha nova carreira, a partir daí foi um show atrás do outro até hoje. Tive muita sorte pois tive um professor chamado Nico Gomes uma lenda no show business brasileiro que ainda hoje me passa conhecimento em todas as áreas do evento… o engraçado é que trabalhar com evento é um eterno aprendizado.

Nunca você pode prever os problemas, por isso que falamos que quem diz que “o evento foi um sucesso” está sempre mentindo pois sempre ocorrem alguns problemas internos que acabam não sendo divulgados mas são resolvidos da melhor maneira para que o publico não seja prejudicado.

Eu já vi fotos suas no teto do Maracanã, dentro do avião do Iron Maiden entre outras. Sei que é difícil escolher mais qual a turnê ou festival que você mais gostou de trabalhar?

Sou suspeito para falar, pois sou muito fã da banda. Mas estar com o Iron Maiden no CHILE foi sem dúvida o melhor show que já vi. Era muita energia concentrada num lugar só. Outro que marcou também foi o show do Rage Against the Machine no SWU 2010 que foi impressionante mesmo com varios problemas que passamos na hora do show.

Agora vamos falar do SWU. Essa segunda edição contou com um público de aproximadamente quantas pessoas?
A arena de Paulínia recebeu cerca 150 mil pessoas nos 3 dias de festival.

Em relação a produção do evento quantos profissionais trabalharam para que tudo saísse como o planejado?

Em torno de 4.000 a 4.500 profissionais diretos e indiretos que trabalharam por meses a fio para que tudo saísse como o planejado nos três dias de festival.

O que você e sua equipe acharam da possibilidade de fotografar os bastidores e o dia-a-dia do SWU com as câmeras da Lomography?

A Lomo foi um sucesso entre as equipes. Rolou até briga para ver quem ia tirar as fotos, ficar com as câmeras. Mas todo mundo se divertiu pois com as máquinas analógicas sempre acaba ficando aquela pulga atrás da orelha até ver as fotos reveladas.

Para fechar deixe algum recado para o pessoal que é fã de música e que também tem vontade de trabalhar nessa área de produção de shows.

Nessa área de shows você tem que estar preparado para ficar noites sem dormir e ralar muito, muito mesmo. Mas no final quando o evento termina, a realização e alegria de saber que você fez aquilo acontecer não tem preço. E claro, como em qualquer outra profissão você tem que amar aquilo que está fazendo.

written by caioantunes on 2011-12-12 #people #festival #hip-hop #show #rock #pop #lomography #musica #lomoamigo #swu #paulinia

More Interesting Articles