Os Diários do Caviar – Capítulo 2: Problemas com o visto na Ucrânia (Charkiv)

O que acontece agora? Descubra na segunda parte de Diários do Caviar!

Eu já estive na Ucrânia algumas vezes e eu simplesmente amo o país e seu povo. Como uma ponte entre o ocidente e o oriente, tenho certeza de que ele terá um futuro brilhante, apesar do fato de atualmente as coisas estarem melhorando no ritmo de um caracol. A transição é lenta, mas, com o tempo, o país terá o impacto do punho direito do Dr. Steelhammer Vitali Klitschko. Os jovens da Ucrânia são altamente educados, durões e sedentos por algo novo. Dois anos e meio atrás testemunhei esse potencial quando fui palestrante convidado de um seminário de duas semanas sobre televisão, na Universidade Karasin em Charviv, a segunda maior cidade e o centro educacional do país. Desta vez, fui convidado como um especialista em mídia para uma conferência cujo tema era a chegada da Eurocopa, que acontecerá em 2012 na Polônia e na Ucrânia.

O convite foi feito no início de 2011 e pensei que não seria capaz de ir pra lá. Mas de repente me foi dada essa tarefa ultra-secreta, e agora eu realmente poderia ir – na minha programação estavam o futebol e o caviar. A Ucrânia também era importante para mim porque eu ainda não tinha recebido meu visto russo. Tenho alguns amigos que trabalham com pessoas da Embaixada Russa em Charviv, e eu meio que pré-negociei o quão rápido conseguiria por as mãos nele.

Recebi a carta da Stephanie na Embaixada Lomográfica em São Petersburgo, mas ela estava em dúvida se eu seria capaz de obter um visto na Ucrânia num prazo tão curto. A primeira coisa a fazer no meu primeiro dia em Charviv era encontrar o Wladimir na embaixada e explicar meu problema.

Embaixadas e escritórios estatais na antiga União Soviética são, com frequência, um pesadelo. Você tem que esperar durante horas e geralmente não fica claro o que esperam de você. Os oficiais não querem ou não sabem assumir a responsabilidade. Mas eu tive sorte, e ter um passaporte alemão costuma tornar as coisas um pouquinho mais fáceis, o que é ridículo considerando a história do meu país, mas, hoje em dia, a imagem que temos no exterior é muito boa. Então, Wladimir, em sua pequena sala, foi legal comigo e até exercitou suas melhores habilidades em línguas comigo. Quer dizer, ele ainda olhou por sua pequena janela com o tipo de expressão que faria um oficial da KGB corar, mas, eventualmente, ele perdeu a marra e começou a tentar e a falar alemão, o que culminou em uma cópia fantástica de uma cena do Monty Python, e eu era parte dela. Ainda mais impressionante foi que conseguir um visto russo na Ucrânia acabou sendo mais fácil para mim do que consegui-lo na Alemanha, embora eu seja o mesmo cara com o mesmo passaporte. É como comprar um All-Star nos Estados Unidos por 20 dólares e depois na Europa por 80 euros, ou algo assim. Pela minha experiência, é sempre melhor se você não fizer perguntas quando estiver em uma embaixada, então fui um cara de sorte, paguei a taxa para ter um serviço rápido e disse um sincero “Danke Schön” ao oficial da KGB Wladimir. Contrariando todas as probabilidades, eu agora tinha meu visto, e embolsei ruidosamente um estranho roteiro de viagem (porque afinal de contas, você nunca sabe aonde um rublo pode levá-lo no futuro.)

Fique ligado para o próximo capítulo de Diários do Caviar!

Diários de caviar foi escrito por Willie Schumann. Visite seu LomoHome

Prepare-se para navegar em alto mar com nossa nova coleção La Sardina . Estas câmeras de filmes 35mm são equipadas com lentes grande-angular, capacidade para múltipla exposição, e um botão reset – tudo o que você precisa para escapadas cheias de diversão. Adquira agora sua La Sardina camera

written by jeanmendoza on 2011-11-07 #adventure #book #library #caviar #herr-willie #la-sardina #caviar-diaries
translated by nanalm

Kickstarter

Bringing an iconic aesthetic to square format instant photography, the Diana Instant Square fills frames with strong, saturated colors and rich, moody vignetting. Built to let your inspiration run wild, our latest innovation features a Multiple Exposure Mode, a Bulb Mode for long exposures, a hot shoe adapter and so much more! It’s even compatible with all of the lenses created for the Diana F+ so that you can shake up your perspective anytime, anywhere. No two shots will ever be the same. Back us on Kickstarter now!

More Interesting Articles