Tire Corretamente suas Fotografias... Antes de Você Apertar o Disparador!

Se, assim como eu, sua vida é atormentada por dúvidas próprias, ansiedade e neurose, então você irá, ocasionalmente, cruzar com o sentimento de que, talvez, apenas talvez, a fotografia que você está prestes a tirar realmente não vale a pena. Talvez fosse melhor salvar o filme, para uma festa ou algo parecido. Mas você meio que gosta da fotografia… Fotografar ou não fotografar: aqui está a resposta!

Eu sempre faço isso, porque sou indeciso sobre algumas coisas. Mas eu tenho uma técnica que me ajuda a decidir se devo tirar a foto, ou salvar o filme.

Douglas Coupland descreveu numa história curta, um processo que ele gostava de chamar de “reverse blinking” (piscada de olhos invertida). Isto é, fechando seus olhos, e então abrindo eles por um instante, e então fechando novamente. É isso, você acertou – exatamente como o obturador de uma câmera.

Tente. Você vê a imagem apenas por meio segundo, mas apenas isso é preciso. Eu acredito que as melhores fotografias são as mais memoráveis. Se a imagem que você viu por meio segundo é interessante, capta a sua atenção, e acima de tudo parece ser o tipo de fotografia que você gostaria de tirar, então vá em frente.

Aqui está um exemplo: eu estou num feriado com a minha mãe, sentado num apartamento na praia. Eu posso vê-la lendo no balcão. Eu tento um “reverse blinking”. Mudo um pouquinho e tento de novo. Aí está! Ai está a foto.

Se você é um fotógrafo mais espontâneo, então isto pode não ser para você, mas às vezes, você pode achar isto útil se você quiser checar o enquadramento do assunto, ou a composição da sua paisagem. Mas dê uma olhada em algumas dessas fotos e imagine que o “reverse blinking” procedeu elas. Se eu não tivesse tentado, eu talvez nem tivesse tirado elas.

Coupland, Douglas; The Wrong Sun, from Life After God, (Pocket Books, Canada, 1994)

written by aspie on 2011-10-21 #gear #tutorials #tipster #dica #paisagem #camera #reverse-blinking #enquadramento-de-foto #composicao #posicionamento-de-assunto
translated by tqueiroz

More Interesting Articles