Manual Diana Mini

Você já a tem, ela é sua! Não há necessidade de se lamentar sobre quanto você precisa desesperadamente ter a Diana Mini. Mas tente controlar sua emoção por um segundo e veja estas instruções úteis para ter a certeza de que você obtém o melhor desta pequena princesa analógica!

Escolha seu filme

A Diana Mini usa qualquer rolo normal de 35mm (preto e branco, negativo a cores e slide).
Existem diferentes “velocidades” de filme conhecidos como rápido e lento. Isto é definido com um número ISO.
Os mais comuns são ISO 50, ISO 100, ISO 200, ISO 400, ISO 800, ISO 1600 e ISO 3200.
Em um dia com muito sol, filmes lentos como o ISO 100 e ISO 200 são bons para a Diana Mini.
Em um dia cinzento, filmes rápidos como ISO 400 ou ISO 800 vão funcionar melhor.

Escolha o seu formato

A Diana Mini fotografa em dois formatos de fotos diferentes. Formato retangular “half frame” (metade de uma imagem de 35mm normal) que tem 17X24mm e formato quadrado que tem 24X24mm. Half-frame irá produzir 72 fotos em um único rolo de 35mm, enquanto o formato quadrado irá produzir as habituais 36.
No modo half-frame a imagem retangular é o modo de retrato quando a câmera é agarrada da forma normal. Se você quiser tirar uma foto de paisagem então rode a câmera 90 graus.
O enquadramento na Diana Mini é oposto ao de uma câmera de 35mm normal.
Você pode alternar os formatos da imagem no mesmo rolo de filme, mas só depois de ter tirado a foto e antes de andar o filme.

Quando eu devo usar um formato quadrado e quando devo usar o retangular?
Isso é inteiramente com você! Se você estiver em uma situação onde você precisa encaixar mais na foto então opte pelo formato quadrado pois o campo de visão se torna mais amplo. Também significa que você não precisa dar um passo para trás para incluir mais na sua foto!

Se você quiser maximizar o numero de fotos em um rolo, então use o formato retangular. Você também pode usar o retangular se quiser produzir duas fotos em uma imagem.

Carregue o seu filme

  • Antes de começar tire uma foto em branco, pressionando o botão de disparo do obturador 11. Não avance a roda de avanço 4 para a frente ainda.
  • Rode o interruptor da porta traseira 1 para abrir a porta traseira.
  • Mova a placa de pressão 2 para baixo e coloque o novo filme de 35mm no lado esquerdo.
  • Empurre o filme em direção à mola no carretel de receber o filme 3 e prenda-o.
  • Gire um pouco a roda de avanço 4 no sentido anti-horário fazendo o filme avançar até à marca amarela.
  • Verifique que os buracos do filme estão alinhados com a roda dentada da bobina 5 e feche a placa móvel do filme 2.
  • Feche a porta traseira de volta. Você pode precisar mover a alavanca de rebobinar 6 para a esquerda e direita um pouco para se certificar de que ela alinha com o filme de modo que a porta traseira feche corretamente.
  • Rode o interruptor da porta traseira 1 para fechar e gire a roda de avanço 4 no sentido anti-horário até que pare.
  • Certifique-se que não força a roda de avanço 4 para a frente depois de você sentir que parou naturalmente, ou você pode quebrar o filme.

Antes de tirar uma foto

A Diana Mini tem quatro posições de foco 0.6 m, 1-2m, 2-4m e Infinito. Você pode ajustá-las girando a lente 7 no sentido horário e anti-horário e fazendo corresponder a marca à distância de foco desejada.

Dependendo do tempo, coloque o interruptor de abertura 8, para sol (F/11) ou nublado (F/8).

Verifique se o interruptor de disparo 9 está na posição correta. Para fotos diurnas posicione em ‘N’. Para exposições longas ou fotos noturnas posicione em ‘B’.

Finalmente chegou a hora de escolher o formato de enquadramento. Deslize o interruptor de enquadramento 10 quer para retangular (72 fotos em um rolo) ou quadrado (36 fotos em um rolo).

Comece disparando!

Agora que o foco, abertura, velocidade do obturador e modo de enquadramento estão todos definidos você está pronto para ir!

Na verdade não, espere! Mantenha a tampa na lente e dispare três ou quatro fotos primeiro. Desta forma, o laboratório de fotografia vai saber quando se inicia a primeira foto. Agora você realmente está pronto!

Enquadre sua foto, componha-a ou aponte apenas a câmera sem olhar pelo visor e pressione o botão de disparo 11.

Depois de cada foto gire a roda de avanço 4 no sentido anti-horário até que pare. Você vai precisar de girá-la mais no modo quadrado do que no modo retangular. No modo retangular é cerca de ¼ de volta e em modo quadrado ½ de volta. Certifique-se que não segura a manivela de rebobinar 6 na parte de baixo ao avançar o filme. Agora você está pronto para tirar outra foto!

Rebobinar o filme

Quando você tiver terminado o filme você não será mais capaz de girar a roda de avanço 4.

Mantenha pressionado o botão de rebobinar 14, solte o braço da manivela de rebobinar 6 e gire-o na direção da seta até que o filme esteja completamente rebobinado (você deve ouvir ele soltar da engrenagem da roda dentada).

Finalmente destranque a porta traseira 1, e abra-a. Retire o filme e vá correndo para o laboratório de processamento! No caminho para lá carregue outro rolo! Você nunca sabe o que pode perder!

Longas Exposições

Se você sair à noite não deixe a Diana Mini em casa. Você pode tirar fotos posicionando o interruptor de disparo 9 para ‘B’.

Quando você for tirar uma foto no modo ‘B’ você necessita pressionar o disparo do obturador 11 durante o tempo que for preciso para obter luz suficiente no filme (veja tabela no final das instruções).

Você também pode usar um cabo disparador, enroscando o cabo disparador na lente 12. Isso vai ajudá-lo a evitar que a câmera trema especialmente se a Diana Mini estiver fixa em um tripé graças ao encaixe de tripé 13.

Encaixe de Tripé

A Diana Mini vem com um encaixe de tripé que é útil para longas exposições à noite.

Se no entanto você não quiser carregar um com você não se estresse. Você pode apoiar a Diana Mini em uma superfície sólida, segurando-a firmemente no lugar com uma mão e disparando com a outra. A Diana Mini pode ser encostada lateralmente em uma parede, pousada no chão ou se você se estiver sentindo confiante por que não tentar segurá-la firmemente com sua próprias mãos!

Múltiplas exposições

Com a Diana Mini é possível fazer múltiplas exposições. Isto acontece quando você tira uma foto e depois outra antes de andar o filme para a frente. Quantas mais exposições você fizer em uma única imagem, tanto mais você vai expor o negativo. Se você tirar demasiadas o negativo fica sobre-exposto.

Em um dia com muito sol, você pode fazer uma dupla exposição com filme lento e em um dia cinzento você pode fazer uma exposição tripla utilizando filme lento. Quando usar filme rápido você pode expor demais a imagem, mas como a Diana Mini tira 72 fotos em um rolo sinta-se livre para experimentar!

Exposições Sobre- expostas

A Diana Mini é a primeira câmera que tem um contador de enrolamento do filme, mas também permitindo que você sobreponha imagens! Você pode tirar uma foto e depois avançar um pouco o filme para a frente (não tudo até à próxima imagem) e, em seguida, tirar outra foto. Isso vai sobrepor imagens causando uma mistura de duplas exposições e exposições individuais e longas imagens panorâmicas. Pode ser feito em ambos os formatos por isso experimente para ver qual deles você prefere!

Flash

A Diana Mini é compatível com o Flash Diana + 15. Basta conectá-lo na parte superior da Diana Mini 16, ligar o flash e você está pronto para ir! O Flash Diana + é perfeito para fotos noturnas de pessoas e também durante o dia se você quiser disparar contra o sol e usar o flash como preenchimento. Por favor veja o diagrama do flash para exposições corretas.

Cabo Disparador

Outra beleza da Diana Mini é que você pode usar um cabo disparador com ela. Um cabo disparador é um cabo que se conecta à lente permitindo tirar uma foto sem usar o disparo do obturador. Isso é ótimo se você precisa evitar tremer quando faz longas exposições, se precisa de braços longos ao fazer auto-retratos ou de conversar com seus modelos enquanto tira uma foto deles.

Solução de Problemas

1. Minhas fotos de dia estão muito desbotadas e manchadas!
Ah, o mais provável é você estar fotografando com o modo de disparo “B” por acidente. Certifique-se que usa “N” para o dia.

2. Minhas fotos noturnas estão muito manchadas e loucas!
Para longas exposições nítidas, você precisa manter a câmera o mais estável possível. Use um tripé se você tiver um. Caso contrário, coloque-a em cima de qualquer coisa plana ou prenda a respiração e pressione-a contra o seu rosto antes de disparar.

3. Minhas imagens do dia estão muito escuras!
Arranje filme mais rápido. Você vai precisar de sol forte para fotografar ISO 100 ou mais lento no modo “N”.

4. Minhas imagens estão sobrepostas umas sobre as outras!
Então você não está avançando seu filme o suficiente depois de fazer uma foto. Além disso, se você mover o formato de half-frame para quadrado, então a primeira imagem irá se sobrepor. Neste caso tire uma “foto em branco”, cobrindo a lente e depois avançando.

5. Minhas imagens estão totalmente pretas!
Opa, parece que você deixou a tampa na lente!

6. A tampa traseira não abre da maneira correta!
Tente mover a manivela de rebobinar para a esquerda e direita, para que ela se conecte corretamente com o filme na câmera.

7. Posso alterar o formato muitas vezes em um rolo de filme?
Sim, pode! Mas antes que você mude o formato se certifique de ter disparado o obturador. Se você já tiver tirado uma foto e avançado o filme então simplesmente tape a lente, tire uma foto e mova o interruptor de formato.

8. Quando eu recebo duas imagens em uma foto de um laboratório uma é escura e a outra é muito clara?
Há uma razão para isso e não é culpa de ninguém! A máquina do laboratório faz uma média da leitura do negativo. Se uma foto está muito escura vai clareá-la resultando em que a imagem ao lado irá parecer sobre-exposta ou desbotada. Você pode corrigir isto digitalizando as imagens individualmente e definindo os níveis corretamente ou tente pedir ao seu laboratório para fazer duas digitalizações da mesma imagem.

9. Eu amo tanto a Diana Mini!
Infelizmente não há nada que possamos fazer sobre isso porque é o sentimento correto!

Cuidados e Manutenção

Um pouco de cuidado irá ajudar bastante para manter sua Diana Mini na melhor forma:

  • 1. Mantenha a tampa da lente sobre a lente quando a câmera não estiver em uso.
  • 2. Não limpe a lente com produtos químicos abrasivos ou solventes. Uma solução para limpeza de lentes adequada e um pano macio para lentes é sua melhor aposta.
  • 3. Se o filme for realmente difícil de avançar, então não force. Você pode quebrar o mecanismo de avanço. Se você está apenas começando a avançar o filme, então volte a carregá-lo com calma. Se você está adiantado no filme então retire-o num quarto totalmente escuro ou saco à prova de luz.
  • 4. Tenha cuidado ao transportar a Diana Mini. É bastante resistente, mas não deixa de ser feita em plástico de baixo peso. Se você a colocar num saco com coisas pesadas, então ela poderá se quebrar. Basta dar uma olhada pelo seu bem-estar.

Contato e Garantia

Sua Diana Mini inclui uma garantia de 1 ano sobre qualquer defeito de fabricação ou falha no produto. Em caso de defeito, a Sociedade Lomográfica irá reparar ou substituir o produto. Para atendimento sobre a garantia ou qualquer dúvida, por favor entre em contato com a LGS mais próxima.

written on 2010-07-20 in #camera #diana-mini