Black_friday_en
Have an account? Login | New to Lomography? Register | Lab | Current Site:

LomoKino LomoAmigo José Lino

Natural de Taubaté, interior de São Paulo, José Lino ou apenas Zé, para aqueles que o conhecem, é um cara que gosta de dar asas às suas ideias. Ele está sempre envolvido com algo que o ajude a desenvolver sua criatividade, seja através das suas bandas e projetos musicais ou com uma câmera na mão. Recentemente ele resolveu estreitar ainda mais esses dois mundos ao filmar um dos primeiros videoclipes brasileiros com uma LomoKino. Conheça agora um pouco mais sobre ele e veja com quantos rolos de filme se fazem um bom vídeo!

Nome Completo: José Lino Lanfranchi Junior
Lomography Username: Bermudas
Origem: São Paulo

Foto por bermudas

Conte um pouco sobre você. O que você faz? Quais são seus interesses, hobbies, etc?

Eu sou guitarrista e compositor nas bandas Cabana Café e Bermudas, meu projeto que mescla lomografias com música. Eu também trabalho com vídeo, filmando e editando. A beleza, a criatividade e o conceito são as coisas que eu mais gosto e admiro.

Há quanto tempo você é um Lomógrafo e como você ficou sabendo a respeito da comunidade?

Desde 2011. Um amigo meu o Caio Antunes, tinha uma porção de câmeras e imagens legais. Nessa época eu mostrei a ele, algumas fotos que eu havia feito no Instagram, e ele me disse “porque você não experimenta fotografar de verdade?”. Então tudo começou.

Descreva a LomoKino em cinco palavras.

Faz as memórias se destacarem.

Do que você mais gostou em filmar com a LomoKino?

Ela adiciona um filtro natural nas coisas que você está filmando. O momento que você captura não vai ficar exatamente igual, ele ganha um visual meio mágico, nostálgico e bonito. Como as lembranças de nossas memórias.

O que ou quem inspirou você a comprar e usar uma LomoKino?

Eu já estava acostumado a fazer vídeos com a minha Canon 7D, mas o visual deles estavam começando a me deixar meio desanimados, pois se você parar para assistir todos os videos no Vimeo, por exemplo se parecem iguais… Então eu comprei uma LCA+, e me apaixonei por ela, nesse momento eu decidi adicionar o analógico aos meus vídeos também e entrei no mundo da LomoKino.

Conte um pouco para nós como foi fazer um videoclipe inteiro usando a LomoKino?

Foi um desafio mas também foi muito divertido. A filmagem rolou em Itú no interior de São Paulo e durou um dia inteiro. Para o clipe eu usei 40 rolos de filme. Desse total alguns eram Color Negatives ISO 100 e 400 e outros X-Pro Chrome 100. Deu um trabalho de pós produção para organizar essa montanha de filmes mas no final o resultado ficou muito bacana!

Confira abaixo o videoclipe da banda Ted Marengos que foi dirigido e editado pelo Zé utilizando a LomoKino!

Já rolou alguma situação engraçada enquanto filmava por aí com ela?

Nada de muito especial, apenas algumas pessoas dizendo – onde você encontrou essa câmera antiga? Ela Funciona? ou se ela era do seu avô.

Se você pudesse filmar qualquer pessoa viva ou não (ou mesmo imaginária) com a sua LomoKino, quem seria e por quê?

Não seria ninguém vivo ou que já tenha falecido. Eu acho que seria divertido filmar alguém do futuro, para mostrar a ele como a tecnologia pode ser superada através de boas ideias.

E qual o video LomoKino que você mais gostou?

PLEASE DON’T GO! Pra mim esse é o melhor vídeo que já vi feito com a LomoKino.

Algum projeto futuro em mente? Mais curta-metragens ou um longa, talvez?

Filmar mais shows e vídeos relacionados com música e quem sabe montar uma Projeção LomoKinoWall!

Seu conselho para os futuros Diretores LomoKino.

Nunca para de girar a manivela da câmera, mesmo que você ache que já tenha terminado o filme.

written by lgs_saopaulo

No comments yet, be the first

Read this article in another language

This is the original article written in: Português. It is also available in: Deutsch & English.