Have an account? Login | New to Lomography? Register | Lab | Current Site:

Catedral de Sal, Zipaquirá, Colômbia

Uma catedral subterrânea construída inteiramente de sal ... Pode lamber as paredes, se você não acreditar nisso. É de alguma forma difícil de tirar fotos neste lugar, você precisa de exposições longas, ou talvez filme com ISO elevado.

Cerca de uma hora em ônibus de Bogotá, Zipaquirá é uma cidade pequena e pitoresca no alto das montanhas, onde geralmente é cinza e muito frio. A cidade é famosa pelas suas minas de sal e há muitos anos, os mineiros devotos contruíram a catedral dentro da mina. A catedral original era muito perigosa para a visita devido à subsidência, mas ao invés de perder a sua atração turística, o governo passou à frente e lançou um concurso para uma nova catedral. O resultado é uma obra-prima de design minimalista …

Você entra num túnel comprido e junto várias capelas laterais, todos escassamente decoradas com crucifixos de grandes blocos de sal …. o passeio leva você através de várias outras câmaras espaçosas até chegar à principal catedral com uma enorme cruz cavada na parede.
A primeira coisa a ter em mente é que tudo isto é inteiramente construído a partir de sal, como uma lambida do muro de prova (se você ousar lamber a parede você vai ver) … como resultado, existem padrões naturais deslumbrantes sobre os limites máximos da superfície de pedra dando um toque original.

Não é o melhor lugar para tirar fotos, dada a pouca luz e armado apenas com um i LCA encontrei a melhor maneira de tirar fotos estava colocando a câmera nas costas e deixá-la ir para a plena 30 segundo mais ou menos de exposição …. que explica por que eu tirei fotos na maior parte dos limites …. mas mesmo assim não era tempo suficiente até que eu lembrei que tinha meu flash de cor comigo.

Enfim … um dia interessante e completamente recomendável.

written by lolfox and translated by romullolima

No comments yet, be the first

Where is this?

Nearby popular photos – see more

Nearby LomoLocations

Read this article in another language

The original version of this article is written in: English.