Portugal com minha Fisheye nº2

1

Minhas últimas fotos em Portugal foram minhas primeiras fotos com um filme redscale. Usei minha recém comprada Fisheye nº2.

Não fazia muito tempo que tinha adquirido minha Fisheye nº2. Na verdade só havia revelado dois filmes Lomography Color Negative 100 e tinha gostado muito do resultado que obtive, mas eu também tinha comprado uma embalagem com 3 filmes Lomography Redscale XR 50-200 35mm e estava ansioso para ver como minha fotos ficariam neste inesperado e incrível tom de vermelho.

Depois de um ano de estudo em Portugal comecei a usar meu filme redscale faltando apenas 5 dias para o meu retorno ao Brasil. Morei um ano na cidade do Porto. Estudei arquitetura e tirar umas fotografias dos lugares que me marcaram durante minha estadia era algo que eu precisava fazer. Ta certo, não tive tempo de ir em todos os lugares que eu queria fotografar, mas volto para fazê-lo em outra oportunidade.

Nestes 5 dias ainda tive tempo de ir em um festival de rock em Lisboa e me divertir um pouco com minha câmera. Infelizmente no meio do show tive que guardá-la no campping com medo de deixá-la cair ou danificá-la no meio de tanta gente.

Tenho que confessar que depois de tanta cor nos meus filmes anteriores minha primeira impressão da redscale não foi a melhor, mas logo senti que o resultado incomparável destes tons de amarelo,laranja, vermelho e amarronzado me conquistaram de vez.

Foi assim que conheci o redscale. Um ano que não vou esquecer mereceu fotos em tons de vermelho.

written by rafael_pedrosa on 2011-10-06 in #world #locations #portugal #fisheye-2 #porto #lisboa #fishyey #select-type-of-location #redscale #urban-adventures

One Comment

  1. liviarelli
    liviarelli ·

    mandou bem, lamu!

More Interesting Articles