Um pouco de vida selvagem na costa do Peru

Paracas é uma cidade pequena mas com muito para oferecer. Fui numa excursão as ilhas Ballestas para ver os leões marinhos e visitei a Reserva National de Paracas.

Ficar em Paracas pode não ser uma emoção por si só mas existe muito para fazer ao redor desta pequena cidade piscatória turística. Para além de deslizar nas dunas e outros tipos de desportos de aventura, podes visitar as ilhas Ballestas. Estas ilhas no Oceano Pacifico têm uma grande abundância de vida selvagem graças á corrente de Humboldt (e como tal, bastante guano!). São o lar dos pinguins de Humboldt, de leões marinhos, diferentes tipos de aves, peixes estrela… Durante a viagem de barco para as ilhas é possível ver o “candelabro”, uma construção semelhante as linhas de Nazca. Não é permitido aos turistas desembarcar nas ilhas para não perturbar os animais!

Uma visita à reserva natural, Reserva National de Paracas é bom especialmente se gostarem de paisagens onde o deserto encontra o oceano como eu! As formações rochosas na linha de costa são espantosas. “La Catedral” é uma das mais famosas mas desabou em 2007 após o terremoto que devastou a costa. Ainda é possível ver os estragos em grande parte da reserva. Também existe uma bonita praia de areia vermelha. É possível ver os flamingos que inspiraram a bandeira nacional mas como não é possível chegar perto deles, é bom levar binóculos.

written by saidseni on 2010-09-18 in #world #locations #natureza #oceano-pacifico #fisheye-adpter #corrente-de-humboldt #leoes-marinhos #lc-a #oceano #peru #ilhas
translated by r3b3l

More Interesting Articles