Uma maravilha fotogênica: Pegan na Malásia

Cheguei à ancestral cidade de Pegan na Birmânia vindo de Mandalay. O carro vinha mais que cheio através de uma estrada poeirenta e parou ao lado de um hotel em ruínas. Foi difícil acreditar que Pegan é um dos principais locais turisticos no sudeste asiático.

Pegan é um complexo de templos contruído há mais de 1000 anos. Hoje, a sua elegância e número rivaliza mesmo os de Angkor Wat no Camboja.

Isto em 2003, em que o número de turistas era pequeno. Hoteis e restaurantes ainda tentavam a sua sorte e Aung San Suu Kyi ainda estava em prisão domiciliária.

Credits: bsmart

Ao lado do meu hotel, havia um dos magnificos templos de Pegan. Um comerciante local estabeleceu, na base do templo, uma pequena loja de chá onde eu costumava ir nos finais de tarde falar com os clientes malaios. Que se costumam sentar a ouvir a BBC birmanesa enquanto mastigam betel.

Credits: bsmart

Aluguei uma daquelas biciletas puxadas por um homem para passear pelo complexo. Era difícil pedalar na areia, mas eu queria mesmo tirar fotografias aos templos e de bicicleta era a forma mais rápida para me deslocar.

Credits: bsmart

Um dia, dei de caras com um templo que estava a ser pintado de branco por um grupo de homens. Um monge mais velho figiava o trabalho. Tirei os meus sapatos para entrar no solo do templo – como é costume. Quando o monge me viu, veio até mim para me dizer olá e ao fazê-lo, passou por cima de um conjunto de espinhos que tinham caído de um árvore. O monge, descalço, pulava de um pé para o outro, queixando-se enquanto mais espinhos se espetavam na sua carne. Os pintores desceram os seus escadotes e vieram em sua ajuda. Mas já era tarde, e o monge tinha caído com o rabo em cima dos espinhos. Quando deixei o templo, o monge estava de mãos e joelhos no chão e com o rabo no ar, enquanto lhe retiravam os espinhos do rabo.

Credits: bsmart

Pegan é um sítio maravilhoso. Tão fotogénico como quaisquer ruínas antigas que já tenha visto. As pessoa são gentis e generosas e adoram falar com visitantes. A Birmânia abre-se lentamente ao turismo e está passando por várias reformas políticas há muito devidas, agora é um excelente momento para ir e visitar este país maravilhoso.

written by bsmart on 2012-07-15 in #world #locations #bike #monk #burma #pegan #tourist #escape-from-the-city #tree #asia #myanmar #began #temples #thorn #angkor-wat
translated by joaomiguelsantoscunha

More Interesting Articles