Have an account? Login | New to Lomography? Register | Lab | Current Site:

O presente mais legal que eu já dei

Sobre como a busca por um presente de aniversário original acabou gerando a minha nova paixão: lomografia.

Tá bom, tá bom, eu confesso: comecei a escrever o blog pra ganhar os piggies. Pronto, agora que já me livrei do peso na consciência que eu estava setindo, vamos ao meu post de verdade. Afinal, não é porque eu tenho esse objetivo que eu vou sair escrevendo qualquer coisa aqui, né?

Como primeiro post desse blog, acho que nada mais natural do que ‘começar pelo começo’. Ou seja, falando de como eu descobri a lomografia.

Tudo começou há um pouco mais de um mês, quando estava chegando o aniversário da Marina, minha namorada. Era o primeiro aniversário dela que passávamos juntos e eu queria dar alguma coisa bacana, um presente diferente que não fossem roupas ou outras coisas mais comuns.

Já tava batendo o desespero quando, do nada, veio uma luz (que não era de um flash): “A Marina adora fotografia. Vou dar pra ela uma daquelas máquinas de plástico que tiram umas fotos diferentes. Acho que ela vai gostar”, foi o que eu pensei – e não me perguntem como, porque nem eu sei.

A partir daí comecei a pesquisar e fiquei sabendo que a máquina que fazia as fotos ’diferentes" que eu conhecia se chamava fisheye.

Foto por rodrigoalmeida

Pronto, comprei a máquina e fiquei esperando o dia do aniversário dela chegar, com aquele suspense sobre qual seria a reação dela. Quando chegou o dia, a alegria dela com o presente superou as minhas expectativas. Ela também não sabia direito o que era aquela máquina, mas logo ficou empolgada com as fotos que poderia tirar.

Foto por rodrigoalmeida

Beleza, a minha missão estava cumprida: dei um presente que ela gostou. O ‘problema’ é que a história não acabou por aí. Desde a primeira vez que saímos para tirar fotos, nós dois ficamos completamente fascinados pela máquina. A fisheye, na verdade, foi só o começo da minha, ou melhor, da nossa paixão pela lomografia.

Atualmente, o programa que mais gostamos de fazer é sair para tirar fotos. E não só com a fisheye, mas também com a nossa segunda Lomo, sobre a qual eu vou falar num próximo post.

Sempre fomos um casal unido com gostos parecidos. Mas nada até agora se comparou com a Lomomania que tomou conta da nossa casa. Posso dizer sem medo de errar que a lomo nos proximou ainda mais. Fazemos as fotos juntos, escolhemos juntos os lugares que vamos fotografar, os filmes que vamos comprar, etc.

Acho que agora só deverá haver desavença entre o casal na hora de escolher o nome dos filhos. Lomonildo? Fishênia? Não sei como eles vão se chamar. Mas prometo que no dia em que eles nascerem eu pego uma lomo e tiro uma foto para mostrar pra vocês.

Foto por rodrigoalmeida

written by rodrigoalmeida

4 comments

  1. marinam

    marinam

    ljube.

    almost 4 years ago · report as spam
  2. rodrigoalmeida

    rodrigoalmeida

    :)

    almost 4 years ago · report as spam
  3. liviacteixeira

    liviacteixeira

    humm, desconfio que esse vício pega ;)

    almost 4 years ago · report as spam
  4. rodrigoalmeida

    rodrigoalmeida

    É uma droga: não pode nem experimentar, pra não ficar dependente. hahahaha

    almost 4 years ago · report as spam