This is your last chance to pre-order your Petzval Lens and get the special aperture plates included for free! With estimated delivery in August (or even sooner), don’t miss out on securing your picture perfect portrait lens!

Have an account? Login | New to Lomography? Register | Lab | Current Site:

Como tudo começou

Para iniciar o blog (já que esse é o segundo post) nada mais justo do que contar como acabei começando nessa história de lomografia

Para contar essa história voltamos ao longínquo ano de 2007. Ao final desse ano, um colega resolveu que queria uma câmera digital, e não qualquer câmera, queria uma DSLR profissional.
Isso me deixou um tanto encafifado: “Por que alguém, que nem trabalha com fotografia, gastaria milhares de reais numa câmera digital grande, que precisaria de uma mochila só para carregá-la ?”

Assim, fui com ele pesquisar preços. Acabamos entrando num revendedor Canon. E vendo as câmeras de lá, me lembrei de uma câmera que meu pai tinha e tirava fotos da família quando eu era pequeno. Comentei com o vendedor e ele disse que podia levar numa assistência e deixar a câmera como nova.

Chegando em casa, revirei os armários até encontrar a câmera. Era uma Canon A-1, uma das câmeras SLR mais famosas da Canon da década de 80, e ela tinha uma lente f1.4(!). É claro que na época, eu nem tinha idéia do que significava isso e é claro que ela não estava funcionando. Levei na assistência, tive que pagar uma graninha para arrumá-la (mas nada que chegue perto do preço de uma DSLR nova). E pronto, ela estava zeradinha e funcionando perfeitamente.

Foto por gborin

Mas e agora, o que eu faço com isso? Como coloco o filme nisso aqui? O que é ISO? Abertura? Obturador? Graças a São Google acabei aprendendo muita coisa, mas conforme mais informações eu tinha, mais dúvidas surgiam, e mais eu acabava pesquisando… É claro que os primeiros rolos de filme saíram um lixo, mas algumas as fotos se salvaram e saíram muito boas.

E foi nessas pesquisas que acabei vendo umas fotos com cores diferentes, algumas azuladas, outras verdes (fotos em reveladas em xpro), ou vermelhas (redscale). E aí acabei tendo contato com a lomografia.

Nesse meio tempo foi inaugurada a Lomography Gallery Store do Rio, e de presente de aniversário ganhei de minha namorada a primeira lomo, uma Actionsampler.

Actionsampler

E aí começaram as experimentações com diferentes filmes:

Que na verdade é o que eu mais gosto: da imprevisibilidade de algumas fotos.

Ainda penso em comprar uma câmera como a do meu amigo lá do início, mas podem estar certos que o analógico não será abandonado.

E o mais surpreendente disso tudo é que acabei entrando na lomografia justamente por causa da fotografia digital em alta definição. Não é bacana?

written by gborin

No comments yet, be the first